Matérias - Miscigenação do Brasil - Fonte de dados - A construção do Brasil - De Jorge Couto | Movimento em Marcha


Miscigenação do Brasil - Fonte de dados - A construção do Brasil - De Jorge Couto

Miscigenação do Brasil - Fonte de dados - A construção do Brasil - De Jorge Couto

Fonte: Wikipédia livre

 

A miscigenação foi um processo genético-cultural que deu origem à formação do povo brasileiro. A principio, na época do descobrimento, os grupos étnicos eram o ameríndio e o europeu, marcadamente o português. Com a introdução do cultivo da cana-de-açúcar no meio do século XVI, a necessidade de mão-de-obra importou africanos (principalmente escravos bantos e sudaneses) que se miscigenaram com o branco e o índio já presentes no território sul-americano. Nos séculos XVIII, XIX e XX aportaram no Brasil levas de colonos portugueses (açorianos), italianos, espanhóis, alemães, contratados para substituir com trabalho livre e remunerado o trabalho escravo que, em 13 de Maio de 1888, se extinguiu com a Lei Áurea. Em menor número, o governo brasileiro foi abrindo espaço a grupos de japoneses, chineses, sírio-libaneses, coreanos, franceses, ingleses, norte-americanos e leste-europeus, que aqui também se instalaram buscando novas oportunidades de trabalho e vida. Estes formaram comunidades que se espalharam, em grupos específicos, pelo campo, comercio e indústria. Embora multicultural e geneticamente mestiça, a sociedade brasileira teve influência preponderante do elemento português pela maior presença numérica e afluência constante ao longo dos séculos, desde o descobrimento, fato que marcou indelevelmente a construção da nação e formação do povo brasileiro.

 

Para os mestiços que formaram basicamente a sociedade brasileira, há para nomeá-los os termos:

 

Mameluco, caboclo, caiçara – mestiço de branco com índia (a coloração da pele acobreada lembrava os mamelucos egípcios)

Curiboca – filho de índio com mameluca

Mulato – filho de negra com branco

Pardo – filho de mulata com pai branco

Cafuzo – filho de negro com índia

Cabra – filho de negro com mulata

Crioulo – filho de pais negros, nascidos no Brasil

Mazombos – descendentes de pais brancos europeus.

 

Os japoneses que emigram são os issei.

Nisseis – são os filhos desses emigrantes

Sanseis – são os netos

Yonseis – são os bisnetos

Gosseis – são os trinetos

 

 




Voltar